Imagem Principal
Imagem
Desfile das Campeãs acontece neste sábado. Viradouro fecha as apresentações
Além das seis melhores colocadas, a Sapucaí recebe um show especial celebrando os 40 anos da passarela do Samba
Desfile das Campeãs acontece neste sábado. Viradouro fecha as apresentações
Foto do autor Pedro Menezes Pedro Menezes
Por: Pedro Menezes Data da Publicação: 16 de fevereiro de 2024FacebookTwitterInstagram
Foto: Dhavid Normando/Rio Carnaval

Seis escolas de samba se apresentarão no tradicional Desfile das Campeãs, que acontece no sábado (17), a partir das 22h. E como de costume, as seis primeiras agremiações na classificação oficial do carnaval se apresentarão na Sapucaí, na ordem inversa de colocação do carnaval. Ou seja, a Viradouro será a última a desfilar.

Quem abre os trabalhos no sambódromo será a Unidos de Vila Isabel, com o enredo "Gbala, viagem ao templo da criação", uma reedição do carnaval de 1993, pelos olhares do carnavalesco Paulo Barros.

A segunda escola a entrar na passarela é a Portela. Considerado um dos desfiles mais emocionantes do ano, o enredo foi baseado no livro "Um defeito de cor", e o desfile é assinado pelos carnavalescos Antônio Gonzaga e André Rodrigues.

A terceira escola a pisar na avenida será o Acadêmicos do Salgueiro. Com um dos sambas mais vibrantes, a agremiação tijucana contou a história do povo Yanomami, num desfile repleto de críticas sociais, colocadas pelo carnavalesco Edson Pereira.

Na sequência, será a vez do Acadêmicos do Grande Rio mostrar porque foi a terceira colocada do carnaval. Considerado um dos desfiles mais bonitos e ricos do ano, a agremiação de Duque de Caxias mostrou representações da onça dos povos originários, e até nas artes.

A penúltima escola a desfilar será a Imperatriz Leopoldinense. O samba estandarte de ouro guiou a escola de Ramos para fazer o desfile mais empolgante do ano, assinado pelo carnavalesco sensação da atualidade, Leandro Vieira.

Por fim, quem fecha as apresentações é a Unidos do Viradouro. A escola niteroiense apresentou um desfile perfeito, que não foi despontuado em nenhum quesito. Além disso, a bateria do mestre Ciça garantiu bossas que foram avaliadas entre as mais criativas do ano, num desfile que misturou o luxo com a emoção.

Apresentação especial: Os 40 anos da Marquês de Sapucaí

Foto: Fernando Maia/ RioTur

O Sábado das Campeãs tem novidades este ano. Antes da apresentação das escolas de samba classificadas nas seis primeiras posições, o público vai poder se divertir com um show em homenagem às raízes do samba com artistas como Alcione, Zeca Pagodinho, Pretinho da Serrinha e Anitta. O show vai começar às 21h30 e terá 12 minutos de duração.

O espetáculo terá participação de integrantes das 12 escolas do Grupo Especial, considerado a elite do carnaval do Rio. Estarão presentes o cantor Neguinho da Beija-Flor, os mestres de bateria Lolo da Imperatriz Leopoldinense, Casagrande, da Unidos da Tijuca, e Fafá da Grande Rio; as rainhas de bateria Evelyn, da Mangueira, e Mayara, da Tuiuti; o mestre-sala da Viradouro, Julinho; a porta-bandeira Denadir, da Porto da Pedra; a presidente da Ala das baianas do Salgueiro,Tia Glorinha; a baluarte da Portela, Tia Surica, Tia Nilda matriarca das baianas da Mocidade Independente de Padre Miguel, e Dandara Oliveira, musa da Vila Isabel.

Antes da apresentação dos artistas, a programação começa às 19h30, com o tradicional cortejo dos Embaixadores da Alegria, associação cultural que atende pessoas com deficiência. Às 21h, está previsto um show de luzes para o público admirar os efeitos que foram muito usados no domingo e na segunda-feira, durante os desfiles oficiais das escolas.

Relacionadas