Tromba d'água derruba barreira na serra de Teresópolis
Onze pessoas ficaram desalojadas; ônibus fica pendurado sobre o terreno de uma casa
Tromba d'água derruba barreira na serra de Teresópolis
Foto do autor Redação Redação
Por: Redação Data da Publicação: 01 de Novembro de 2023FacebookTwitterInstagram
Foto: Reprodução

Uma tromba d’água atingiu (31) as cidades de Teresópolis e Petrópolis, na região serrana do estado do Rio.

Vídeos impressionantes que circulam nas redes sociais mostram ruas de Teresópolis completamente alagadas, a até carros sendo levados pela correnteza que se formou.

A BR-116, no trecho da serra Rio-Teresópolis chegou a ficar completamente interditada. Nesta manhã (1°), foi estabelecido trânsito em pare-e-siga nos Kms 95 e 98 da estrada, por conta de deslizamentos.

No bairro Pimentel, houve uma ocorrência de desabamento, deixando sete adultos e quatro crianças desalojados. De acordo com a concessionária Eco Rio Minas, a Estrada Rio-Teresópolis foi fechada e será liberada quando for considerado seguro para os usuários.

Outros casos que chamam atenção, são o dos ônibus pendurado sobre o terreno de uma casa em Petrópolis, e a BR-116 em momento que não estava interditada coberta de água da chuva.

Conforme boletins divulgados pela Defesa Civil Municipal, foram registrados alagamentos nos bairros Alto, Araras, Agriões, Bom Retiro, Caxangá, Comary, Ermitage, Meudon, Paineiras e Várzea. Parte dessas ocorrências está relacionada com o transbordamento do Rio Paquequer. Também há registros de quedas de árvores, muros e barreiras.

Já em Petrópolis, a Defesa Civil do município contabilizou 14 registros de ocorrências até esta manhã por causa das chuvas. Todas sem gravidade e sem vítimas.

Às 18h de ontem (31), a prefeitura de Teresópolis fez um comunicado. "Uma chuva forte atingiu Teresópolis na tarde desta terça-feira. Foram mais de 50mm em pouco mais de uma hora", escreveu.

A força da tempestade foi sentida no Parque Nacional Serra dos Órgãos. No momento mais intenso, a unidade de conservação ambiental registrou 44,4 milímetros no período de uma hora. Considerando um período de seis horas, o índice pluviométrico sobe para 124,2 milímetros.

 

Relacionadas