Imagem Principal
Imagem
Parada LGBT muda todo o trânsito de Icaraí hoje
Sob o tema "Luta e (re) existência das Mulheres LGBT", Niterói recebe sua 17ª edição do evento, na praia
Parada LGBT muda todo o trânsito de Icaraí hoje
Foto do autor A Tribuna A Tribuna
Por: A Tribuna Data da Publicação: 03 de dezembro de 2023FacebookTwitterInstagram
Foto: Reprodução

A 17ª Parada do Orgulho LGBTQIA+ de Niterói, que ocorre hoje, tem concentração prevista, a partir das 15h, na Rua Miguel de Frias, com saída às 17h. O evento contará com quatro trios elétricos e pontos de distribuição gratuita para hidratação e encerramento previsto para as 21h.  

Trânsito

A Niterói Transporte e Trânsito (NitTrans) preparou uma operação especial para a parada, que inclui interdições de vias, proibições de estacionamento e pequenas alterações em itinerários de ônibus que passam pela Avenida Jornalista Alberto Torres.

No total, 15 operadores estarão localizados em pontos chaves para orientar o trânsito, além de duas patrulhas, duas motos patrulhas e dois reboques que darão o suporte necessário.

A partir das 22h de ontem, até às 21h de hoje, está proibido o estacionamento na Rua Miguel de Frias (ambos os lados), no trecho compreendido entre a Rua Gavião Peixoto e a Avenida Alberto Francisco Torres; na Rua Álvares de Azevedo (ambos os lados), no trecho compreendido entre a Avenida Jornalista Alberto Francisco Torres e a Rua Ator Paulo Gustavo; e na Rua Mariz e Barros (ambos os lados), no trecho entre a Avenida Jornalista Alberto Francisco Torres e a Rua Ator Paulo Gustavo.

Neste domingo, está em vigor a interdição em algumas ruas de Icaraí: Miguel de Frias, no trecho compreendido entre a Gavião Peixoto e a Avenida Jornalista Alberto Francisco Torres, das 13h às 17h; Tavares de Macedo, entre as Ruas Álvares de Azevedo e Miguel de Frias, das 13h às 17h; General Pereira da Silva, entre a Avenida Jornalista Alberto Francisco Torres e a Ator Paulo Gustavo, das 17h às 22h; Presidente Backer, entre a Avenida Jornalista Alberto Francisco Torres e a Ator Paulo Gustavo, das 17h às 22h; Otávio Carneiro, entre a Avenida Jornalista Alberto Francisco Torres e a Ator Paulo Gustavo, das 17h às 22h; Belizário Augusto, trecho compreendido entre a Avenida Jornalista Alberto Francisco Torres e a Ator Paulo Gustavo, das 17h às 22h; Avenida Jornalista Alberto Francisco Torres, entre Mariz e Barros e Álvares de Azevedo, das 17h às 22h; Lopes Trovão, entre a Avenida Jornalista Alberto Francisco Torres e a Ator Paulo Gustavo, das 17h às 22h; e Oswaldo Cruz, entre a Avenida Jornalista Alberto Francisco Torres e Ator Paulo Gustavo, das 17h às 22h.

Mulheres

O tema deste ano é “Luta e (re)existência na defesa das mulheres LBTI’S”. O evento, que articula luta política e celebração, acontece daqui a pouco, a partir das 13h, percorrendo toda a extensão da Praia de Icaraí. A concentração ocorrerá em frente ao prédio da Reitoria da Universidade Federal Fluminense.

Organizada pelo Grupo Sete Cores com o apoio da Prefeitura de Niterói e de outros coletivos da cidade, a parada estima concentrar 100 mil pessoas. Dentre os quatro trios elétricos, um será exclusivo das Mulheres Lésbicas, Bissexuais e Transsexuais.

“A Parada LGBT de Niterói, diferente dos outros municípios do estado, possui um cunho de ato político e resistência, além da celebração de nossas vidas. Esse ano, acompanhamos a luta árdua das mulheres, que sofreram e sofrem diversas violências. É muito importante esse tipo de voz, resistência e visibilidade que a parada proporciona à luta dos movimentos sociais”, comenta Thiago Gisele, membro da diretoria do movimento social. 
  
Clique aqui e receba mais notícias da sua cidade no Whatsapp. 
 

Relacionadas