Imagem Principal
Imagem
Baixada Fluminense entra em estado de emergência com pontos de apoio
Fortes chuvas atingiram as cidades da região nos últimos dias e deixaram oito pessoas mortas, além de três no Rio de Janeiro
Baixada Fluminense entra em estado de emergência com pontos de apoio
Foto do autor Mauro Touguinhó Mauro Touguinhó
Por: Mauro Touguinhó Data da Publicação: 14 de janeiro de 2024FacebookTwitterInstagram
Foto: Divulgação Governo do Rio)

A cidade de Nova Iguaçu entrou em estágio de crise após decretar situação de emergência (decreto n°13484 de 14 de janeiro de 2024) devido ao temporal no município. Não há previsão de chuva para as próximas horas.

A prefeitura de Nova Iguaçu pede para que a população permaneça atenta à atualização da previsão do tempo e aos alertas emitidos pela Defesa Civil através do SMS. Qualquer alteração ou emergência, comunique imediatamente a Defesa Civil pelos telefones: 199 / 37790660 / 981609740.

 

 

A Prefeitura de Duque de Caxias também divulgou o decreto de estado de emergência (Decreto nº 8.648, de 14 de janeiro de 2024) em virtude das intensas chuvas e riscos associados. Além disso, todos os órgãos municipais estão mobilizados para atuarem sob a coordenação da Defesa Civil Municipal, em ações de resposta ao desastre e reabilitação do cenário e reconstrução.

 

 

Além disso, a Prefeitura de Duque de Caxias informou que disponibilizou pontos de apoio para abrigar famílias afetadas com as fortes chuvas. Eles ficam no Centro, Figueira, Saracuruna, Pilar, Pantanal, Jardim Vinte e Cinco de Agosto, Parque Fluminense e Vila Maria Helena.

 

 

Já a Prefeitura de São João do Meriti informou que está recebendo doações de alimentos não perecíveis, material de limpeza e água mineral em garrafa. O ponto de coleta é o Centro Cultural Meritiense, que fica na Rua Panamense, no Jardim Meriti. Além disso, vários pontos de apoio foram espalhados pela cidade. Eles foram divulgados nas redes sociais da prefeitura.

 

 

Em Belford Roxo, a prefeitura criou o Gabinete Municipal de Gerenciamento de Crise (GMGC), cuja responsabilidade é criar relatórios dos danos e prejuízos. Todas as secretarias estão envolvidas.

A Prefeitura de Beford Roxo ainda publicou nas redes sociais as quatro unidades de saúde da rede municipal disponíveis para atender as vitimas das chuvas.  São elas as policlínicas Santa Maria e Heliópolis, além das unidades de Saúde da Família (USFs) Maria Augusta de Oliveira Brasil e Recantus Babi. Os endereços estão no post.

 

 

Eles informaram também os seis pontos de apoio as famílias afetadas. São eles os Cieps Constantino Reis e Vinícius de Moraes e Escolas Municipais Santa Cruz, Álvaro Lisboa Braga, Miguel Ângelo Leone e José Pinto Teixeira. Hoje cedo a cidade entrou em estágio de alerta 4 hoje, o mais alto de todos, alertando para o alto risco de alagamento e deslizamentos.

 

 

A cidade de Queimados entrou no último estagio operacional de alerta máximo no sábado (13). A Defesa Civil acionou duas vezes todas as sirenes localizadas em áreas de riscos. Hoje cedo a prefeitura montou um gabinete de crise para administrar os estragos causados pelas chuvas.

 

 

Relacionadas