Imagem Principal
Imagem
Justiça retira Ednaldo Rodrigues da presidência da CBF
O presidente do STJD, José Perdiz, foi nomeado como interino por 30 dias
Justiça retira Ednaldo Rodrigues da presidência da CBF
Foto do autor Redação Redação
Por: Redação Data da Publicação: 07 de dezembro de 2023FacebookTwitterInstagram
Fonte: Divulgação/CBF

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro decidiu retirar Ednaldo Rodrigues da presidência da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva foi nomeado interino do cargo por 30 dias, até uma nova eleição.

A 21ª Vara de Direito Privado julgou a legalidade do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), celebrado entre a CBF e o Ministério Público do Rio de Janeiro em março de 2022, que resultou na eleição de Ednaldo Rodrigues para presidente da entidade por um mandato de quatro anos.

Os desembargadores entenderam que o Ministério Público não tinha legitimidade para interferir nos assuntos da CBF por se tratar de uma entidade privada.

A decisão foi unânime, três votos a zero. A CBF vai recorrer ao STJ.

Relacionadas