Imagem Principal
Imagem
Casal de traficantes é preso com ketamina no Rio
Os criminosos são acusados de comercializar ketamina, anestésico de uso veterinário. Em humanos, a substância induz estado de transe
Casal de traficantes é preso com ketamina no Rio
Foto do autor Redação Redação
Por: Redação Data da Publicação: 05 de dezembro de 2023FacebookTwitterInstagram
Foto: Reprodução

Uma operação contra uma empresa agropecuária paulista, acusada de tráfico interestadual de ketamina, anestésico veterinário, uniu a Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), e a Polícia Civil do Distrito Federal em operação nesta terça-feira (5).

A distribuição dos medicamentos era feitas em estados como Rio de Janeiro, Pará, Rio Grande do Sul, São Paulo e Distrito Federal. Até o momento, sete pessoas foram presas, sendo duas no Rio.

Os presos são Jeferson Almeida, de 33 anos e Isabel Souza Pinto, 29, apontados como os maiores fornecedores dos medicamentos no Rio. Eles estavam num apartamento localizado em Copacabana, Zona Sul do Rio de Janeiro.

Como eram donos de um Petshop em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, eles possuíam maior facilidade para comprar os medicamentos. Criaram a empresa para comercializar a droga via postal, em 2021.

O casal era o maior cliente de uma fabricante de ketamina. No ano de 2022, foram adquiridos R$ 7 milhões em drogas.

No total, a operação vai cumprir 23 mandados de busca e apreensão, seis de prisão, cinco apreensões de veículos e ordens para bloqueio de contas bancárias

São alvos da ação, médicos veterinários e estabelecimentos que revendiam os remédios ilegalmente.

A ketamina é uma medicação de uso veterinário. Usada em seres humanos, a substância induz um estado de transe, proporciona alívio da dor, sedação e até perda de memória.

 

Relacionadas