Imagem Principal
Imagem
Águas do Rio renova apoio ao projeto Manguezal da Lagoa
Após dois anos da parceria, Lagoa Rodrigo de Freitas tem retorno de espécies e água cristalina
Águas do Rio renova apoio ao projeto Manguezal da Lagoa
Foto do autor Felipe Barcellos Felipe Barcellos
Por: Felipe Barcellos Data da Publicação: 13 de outubro de 2023FacebookTwitterInstagram
Foto: Divulgação

 A Águas do Rio renovará seu apoio ao projeto Manguezal da Lagoa, liderado pelo biólogo Mario Moscatelli. Após dois anos de parceria, com ações cotidianas em defesa do meio ambiente, a fauna e a flora da Lagoa Rodrigo de Freitas, um dos principais cartões-postais da cidade, já mostram resultados perceptíveis e sinais de transformação. A renovação será formalizada neste domingo (15), data que também marca os 34 anos do programa.

O retorno de diversas espécies de aves e caranguejos que haviam desaparecido, o aumento da reprodução de outros animais, o fim da recorrente mortandade de peixes, além das águas cristalinas, são consequências do trabalho da empresa no esgotamento sanitário da região e de profissionais da área ambiental do projeto que se dedica à proteção dos 7 mil m² de manguezal. Eles atuam no controle de pragas, no replantio de espécies e na limpeza das margens, além de promoverem ações de educação ambiental.

Em números, nesses dois anos, já foram removidos do entorno do espelho d’água mais de 2.800 sacos de 200 litros com lixo, e 1.241 mudas de espécies vegetais nativas foram plantadas.
“O apoio da Águas do Rio nos últimos dois anos tem sido fundamental para a manutenção de uma equipe permanente para cuidar e manter a fauna, flora e monitorar eventuais problemas na qualidade da água da lagoa”, destacou o biólogo Mario Moscatelli, que completou:

“Essa parceria mostrou que está dando certo e vai dar cada vez mais, porque a Lagoa Rodrigo de Freitas é um exemplo de que ecossistemas historicamente degradados podem ser recuperados, basta vontade e continuidade”, disse.

Foto: Divulgação

Neste domingo (15) o biólogo promoverá a soltura de caranguejos nas margens da lagoa para reforçar a população da espécie no local e comemorar os 34 anos do projeto e a renovação da parceria com a Águas do Rio.

Ações no esgotamento sanitário

Basta caminhar um pouco ao redor da lagoa para observar que a água está límpida. Isso porque, desde que iniciou a operação do saneamento na Zona Sul carioca, a Águas do Rio vem recuperando todo o sistema de esgotamento sanitário da região, incluindo a reforma das 13 elevatórias de esgoto no entorno da lagoa, responsáveis por bombear o efluente para o Emissário Submarino de Ipanema.
Além disso, a empresa atua fortemente na fiscalização de despejo irregular de esgoto nos canais e rios que a alimentam e a conectam com o mar. Alinhado com essas ações, o time liderado pelo biólogo Mario Moscatelli são alguns dos olhos da concessionária no local. Quando há algum indício da presença de esgoto, a Águas do Rio é acionada para realizar uma vistoria.
"A continuidade dessa parceria é a renovação do compromisso que a Águas do Rio tem com o meio ambiente. Atuamos na fiscalização do Rio Rainha e no Canal da Visconde de Albuquerque, e os resultados que alcançamos até agora têm total sinergia com o trabalho que vem sendo realizado há tempos pela equipe do Moscatelli. Também investimos na revitalização dos sistemas e despoluímos o Canal da Lineu de Paula Machado, ações que impactam diretamente na qualidade de água da lagoa”, destaca Sinval Andrade, diretor-superintendente da Águas do Rio.

Foto: Divulgação


 

Relacionadas