A Tribuna RJ

RECRUTAS CHEGAM EM NITERÓI

RECRUTAS CHEGAM EM NITERÓI Publicado em: 09/11/2013

Texto: Geovane Mendes
Foto: Bruno Eduardo Alves

Não basta estudar e ser aprovado na avaliação teórica, ser um policial militar requer muito esforço e preparação. Após a aprovação, o policial passa por diversas etapas para se graduar, como o curso de formação de soldados. Segundo o comandante do 12º BPM (Niterói), Gilson Chagas, que recebeu 160 recrutas para treinamento no batalhão no dia 10 de outubro, os exercícios incluem corridas, ginástica e treino de tiro, tudo sob o olhar de profissionais mais experientes. Além disso, os policiais ajudam a combater a criminalidade na cidade, pois são autorizados a fazerem ronda pelas ruas, possuindo ainda o poder de efetuar prisões. O atual grupo que treina em Niterói permanecerão na cidade por mais seis meses.
Composto por mulheres e homens, o grupo passa inicialmente por treinamentos teóricos antes de iniciar a fase prática. A partir disso, eles começam a treinar tiro e a se exercitar com professores de educação física altamente especializados para preparar os novos policiais. Depois dessa etapa, os recrutas são enviados à Unidades de Polícia Pacificadora (UPP) onde fazem o estágio final até serem distribuídos para batalhões do estado. Após serem enviados para UPP, alguns policiais que estiverem nas unidades pacificadas serão encaminhados ao 12º BPM.
“Esses recrutas são muito bem treinados para se transformarem em bons policiais. Ainda não temos data para recebermos esses policiais e nem quantos vão vir. Posso dizer apenas que eles virão. Queremos policiais preparados nessa fase de treinamento. Damos a eles tática operacional e policiamento acompanhado para aprenderem na prática”, disse.



A Tribuna Copyright © 2008
Redação, Administração, Publicidade e Industrial: Rua Barão do Amazonas, 31, Ponta D'areia, Niterói, Rio de Janeiro, Brasil Telefones: (021) 2719-1886 / 2719-1497.
Criação e Desenvolvimento: Guttdesign Comunicação e Webdesign